“Angola fala só”, novo programa na VOA 6ªfeira

Posted: March 29, 2011 in Angola, Direitos, Manifestação 2 Abril, Notícias

Divulgamos aqui no site este novo programa na VOA que estreia esta sexta-feira, nas vésperas da manifestação pela Liberdade de Expressão. Uma boa iniciativa que promove a participação de todos na vida política através do debate e da opinião livre.

A Central 7311
O programa de rádio “ANGOLA, FALA SÓ” começa esta sexta-feira, um dia antes da manifestação pela liberdade de expressão.

ANGOLA FALA SÓ: Novo programa de opinião pública da VOA, sextas-feiras às 18h00 a partir de 1 de Abril. Convidado especial Justino Pinto de Andrade

A PARTIR DE 1 DE ABRIL, PODE FALAR EM DIRECTO, TODAS AS SEMANAS NO NOVO PROGRAMA DA VOZ DA AMÉRICA (VOA), “ANGOLA, FALA SÓ”. TRATA-SE DE UM PROGRAMA DE OPINIÃO PÚBLICA EM QUE, GARANTIMOS, O MAIS IMPORTANTE É A SUA OPINIÃO. TODAS AS SEMANAS ABRIMOS OS MICROFONES AOS OUVINTES ANGOLANOS, ONDE QUER QUE ESTEJAM. TODAS AS OPINIÕES SÃO PERMITIDAS E ENCORAJADAS (SÓ NÃO QUEREMOS INSULTOS NEM ATAQUES PESSOAIS) SOBRE OS ASSUNTOS IMPORTANTES DA VIDA DE ANGOLA E DOS ANGOLANOS.
“ANGOLA, FALA SÓ” É PARA SI.
PODE PARTICIPAR GRÁTIS, TODAS AS SEXTAS-FEIRAS DAS 18H00 ÀS 18H30.
ESCOLHA UMA DESTAS TRÊS FORMAS DE PARTICIPAÇÃO:
1 – ENVIE UM SMS COM SEU NOME E NÚMERO DE TELEFONE PARA 932 34 86 98 (pode enviar 24 horas por dia, 7 dias por semana e a equipa da VOA liga para si à hora do programa).
2 – ENVIE UME MENSAGEM DE E-MAIL, COM O SEU NOME E NÚMERO DE TELEFONE, PARA AngolaFalaSo@gmail.com(pode enviar 24 horas por dia, 7 dias por semana e a equipa da VOA liga para si à hora do programa).
3 – OU… TELEFONE A PAGAR NO DESTINO LIGANDO PARA A ANGOLA TELECOM. PEÇA À OPERADORA UMA CHAMADA A PAGAR NO DESTINO (“COLLECT CALL”), PARA 001 202 619 2077 (fale à vontade, nós pagamos a conta; serviço disponivel só à hora do programa)

 

Comments
  1. PRS REGIAO KUANGO says:

    Considerando que angola ê um Estado de Direito;onde o Governo protege os direitos dos cidadaos.Visto que nesta Regiao Kuango o povo ê disprotegido e os seus Direitos são constantemente violados.levamos para o conheciento da opiniao pùblica nacional e internacional o seguinte comunicado:
    1. No primeiro semestre deste ano foram assassinadas nas lavras 3 cidadâs e ate aqui o Governo não explica a populacao da regiao quem são os assassinos.porque o fazem;e qual ê o destino se da aos mentores:
    2. Varias vezes temos vindo a assistir o teatro quando a recolha dos estrangeiros.porem ê apena a mafia organizada para se esturquir dos bolsos destes avultadas somas de dolares para o enriquecimento ilicito dos chefes de Servicos de Emigracao Estrangeiro.Acontece que;aqui na regiao kuango.e particularmente no Cafunfo,vivem mais de 3500 weste africanos e um número consideravel de Congolenses.cada weste africano paga mensalmente as autoridades Emigratoria 100 $.basta fazer contas pra ver quanto eles pagam o ano cada x 3500.
    Alem disso,são submetidos na recolha anarquicas.e para serem soltos são obrigados a pagar 500 dolares por cada.sao argemados e torturados.o PRS gostaria saber o porque destas atrocidades? Pedimos a Sua Excelencia Sr Ministro do Interior que nos dê uma explicacao.E se ele não considera o comportamento dos seus homens ê uma violacao dos direitos humanos.
    3. Nesta Regiao o partido Governo.nao aceita as fileiras dos antigos combatentes.os cidadaos angolanos realmente antigos combatentes so poque pertencem a outras formacoes politicas neste caso PRS .caso queiram merecer esse direitos têm que trocar o cartao do seu respectivo partido para o MPLA.o que significa uma violacao flafrante da lei de acordo com a constituicao da Repùblica de Angola N° 2 artigo 53.
    4. A Utilizacao das instituicoes pùblica do Governo pelo MPLA.um outro facto de violacao da lei.Na regiao kuango o grupo têcnico CCCA afecto a UNACA Uniao Nacional de Camponeses Angolanos.estâ a recolhendo aos camponeses as fotocopias de Bilhetes de Identidades e Cartoes Eleitorais para a obtencao de credito agricola.Ja que o MPLA não tendo apoio no seio da populaçao.aproveita se da sua posiçao no governo utilizando os meios do Estado para a sua propaganda o que constitue uma violacao da lei N° 2 do artigo 92 da CRA.
    5. A CRA nos direitos liberdades e garantias fundamentais N° 1 do artigo 40.garante a todo o povo de angola de cabinda ao cunene do mar ao leste.o direito a informacao.infelizmente caros compatriotas nesta não usufruimos deste direito.Temos antena FM instalada que não funciona.tal como a TPA.mas nos impoem a comprar antenas parabolicas a preços exorbitantes enquanto que a populaçao na sua maioria são desempregados.
    Estes são factos politicos que nôs vivemos nesta regiao kuango.pelo que pedimos a solidariedade da opiniao pùblica nacional e internacional para fazer pressao sobre o governo angolano afim de respeitar os direitos do povo desta regiao e direitos humanos.

    CAFUNFO AOS 13 DE JUNHO DE 2011
    O SECRETARIADO

  2. sou do zaire a poeira provoca mortes no zaire a falta de empresas em mbanza kongo , aumenta a pobreza nesta cidade.o abandono da cidade, provoca dor a esta população .
    tambem somos angolanos. quem não vê agora ja pode ver o nosso mapa está no canto mais ao norte do mapa angolano. plaez , somos filhos “D´ANGOLA”

    • carlos says:

      sou estudante do IMA Malanje já nas últimas semanas de prova fomos forçados a apanhar taxi e voltar a pé da escola que fica a 12km da cidade.depois de ter pago os transportes que por problemas de má gerência do corpo administrativo da escola foram cancelados exactamente nos dias das provas finais.pedimos explicações porque não usavamos o transporte de favor mas népias.cansados com uma administração péssima nós estudantes do IMAM,exigimos a mudança do director geral e toda sua delegação.exigimos ainda o pagamento dos salários dos nossos professores que pelo mesmo motivo perdemos muitas aulas.onde é que já se viu os professores não recebem salário.mas os directores compram carros que custam milhões é isso que está acontecer aquí e esperamos que isso mude.

  3. Chamo me Mateus Nekanda sou secretario provincial do sindicato dos jornalistas na provincia do kunene,estou preocupado com o estado da Imprensa a nível da provincia.as rádios publicas recém instaladas nas sedes municipais são um mero instrumento de propaganda dos administradores municipais e seus representantes nas comunas.a provincia esta a passar por uma seca devastadora.Ate aqui não há medidas serias no que tange a solução para o fornecimento de agua as populações,esta parte e a mais critica porque quando se chegar aos meses mais escaldantes o problema vai ser dramático.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s