Discurso Directo da Rádio Eclésia: Rafael Marques e Carbono Casimiro

Posted: January 6, 2012 in A Voz do Povo, Argumentos, Direitos Humanos, Opinião

Somos fãs declarados destes dois angolanos, e também somos fãs da coragem da Rádio Ecclésia em lhes entrevistar, mesmo achando que algumas perguntas do jornalista Walter Cristóvão são um tanto quanto tendenciosas. A entrevista do Rafael Marques é uma soberba oportunidade para ouvir ‘de perto’ o que vai na cabeça deste grande compatriota e traz à tona a sua vontade de encarar as questões mais melindrosas da nossa realidade de frente e sem rodeios. Uma coisa que muitos dos nossos pseudo-analistas e bajús são incapazes de fazer.

Já a entrevista do Carbono, que é um de nós, serve para quebrar esta fantasia que algumas pessoas temem em ter de que os manifestantes são um grupo de lúmpens à deriva, “a mando de forças estrangeiras” e com “objectivos inconfessos.” O mano Carbono exprime-se de forma clara, com convicções fortes e altruístas, e, mais importante que isso, traz aos microfones da Ecclésia o que vai na alma de muitos jovens angolanos, que vez após vez se manifestam mesmo sabendo que vão levar bornos do Godzilla. Carrega no play e escuta a  voz daqueles que não têm medo:

Rafael Marques

 

Carbono Casimiro

Comments
  1. Mambote says:

    O Angolano Corajoso e Amado do povo inteiro de Angola Chama-se Rafael Marques nós da Diáspora Sempre iremos te Sustentar de toda Maneira Seja no tempo da Aflisäo ou no tempo da Alegria.
    Avante povo Angolano de Boa fé.

  2. Carbono tu Eis um Grande Revolucionario näo Desesperam O futuro é mais Melhor do que O presente O vosso fruto vai Amadurecer e no fim seräo Vencedor no Mercado do Mundo.

    • xavier dilumbuéna says:

      tive oportunidade de acompanhar a entrevista do rafael marques na eclesia.foi um show informativo força mano um dia vamos conseguir nos libertar destes detractor

  3. so says:

    caro jornalista, pedir que se ponha um numero consideravel de passadeiras de nível, numa estrada de 15 km, não significa “pedir demais”, tem a ver com logica e por isso é q existem arquitectos urbanos para se estudar estas questões…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s