Archive for December, 2011

No dia 3 de Setembro, se bem se lembram, os manifestantes foram acusados de terem praticado uma série de agressões aos agentes da ordem pública, 21 acabaram presos, julgados “sumariamente” e 16 foram condenados. Depois, esta farsa veio a ser anulada pelo Tribunal Supremo…. 43 dias depois!!! O que muita gente esquece, é que o Dr. David Mendes, na altura, alegou ter um vídeo que provava, sem margem para discussões, a inocência dos manifestantes. Por alguma razão obscu o “juíz” recusou-se determinantemente aceder ao visionamento do dito vídeo. Finalmente, aqui o têm, ainda em bruto mas já suficientemente assustador. Estamos a preparar uma versão editada e comentada para amplificar os detalhes que poderão passar despercebidos no meio desta cena de gladiadores. Até lá, analisem isto!

 

Foi estampa em vários orgãos de informação tanto angolanos como estrangeiros com o seguinte título:

Embaixador de Angola em Lisboa diz que há “lobbies” em Portugal para “desestabilizar” o seu país

Eis a reação de um dos internautas, que, não sabendo se é angolano ou portuguêes, chamaremos de ‘povo’ na mesma:

Que piada é esta?
Então o governo angolano está preocupado que se torne público que as suas instituições são uma bandalheira e são corruptas? Mas isso já toda a gente sabe há muito tempo. Qual é o problema? Não disseram também que Eduardo dos Santos e a filha controlam a maior parte da riqueza produzida em Angola, isto é, aquela que não sai directamente para os EUA pelos barcos americanos sob a forma de crude. O governo angolano entede que lá porque tem algumas pessoas ricas que vêm gastar fortunas em Portugal que isso lhes dá um estatudo de país civilizado? Pois desengane-se.

República das Bananas

Posted: December 23, 2011 in Estiguem o Imperador

Humor mwangolê do mais sublime que há, cortesia do generoso distribuidor de gargalhadas http://www.kissonde.net

 

O NOVO BRASÃO DA REPÚBLICA

Depois da primeira recolha de vídeos com a situação que aqui denunciámos, o nosso repórter registou o que há muito se adivinhava que viria a acontecer: BUM!

Esse kota chegou essa noite a casa mais sujo, mais pobre e mais desprovido de dignidade. Bokwou Ladjum!

Os seguintes comentários foram encontrados no Club-k, neste artigo:

 

TÁ “BEM” OU PODERÁ FAZER-SE PARECER “BEM”.

Então e o que não foi dito, o império faraónico do clã do objecto do teu canto? Uma das 10 mulheres mais ricas do mundo, é primogénita de José Eduardo dos Santos, sem ter herdado fortuna dos seus ancestrais nem do seu pai, que não a tinha, nem ter ganho a lotaria.

E a impunidade dos violadores dos direitos humanos, as milhares de vítimas de desalojamentos forçados? Gente excluída sem sequer ter bilhete de identidade, cerca de 10 anos depois do fim da guerra não sabemos exactamente quantos somos, não foi feito um censo populacional, essencial a qualquer plano de desenvolvimento.

Refutaria esse canto com outro canto da liberdade, um hino à restauração do espirito de Fevereiro. Já faltou mais para que a liberdade negada desde 1975 seja alcançada.

Autor: angolano

 

Meu general,não cantou como assassinastes o Gen. MANGO ALICERCES da UNITA? conta nos ainda como é que foi. De resto aguarde so pela sua vez.

Autor: jomers

 

Este general canta tão bem e não agrada a ninguém. O melhor mesmo é mudar de música, porque esta já está enferrujada.

Autor: Kalapaz

 

E os angolanos mortos pelos tanques de guerra das FAPLA, dos Sovieticos e dos cubanos? E os angolanos mortos pelos aviões, Migs e BM21 das FAPLA e dos Russos e cubanos? E os alunos bombardeados e mortos na Escola do Waku-Kungu, pelos aviões do MPLA??? Esse tal general, não viu ou esses não são angolanos? E as casas destruidas pelos aviões no Huambo, as pessoas atingidas pelas bombas no Huambo depois de 92 não são angolanos? E os milhares de civis mortos em Luanda, em 92 não são angolanos? E os bakongos mortos em Luanda na famosa sexta feira sangrenta nao são angolanos? E os milhares de angolanos mortos no 27 de Maio pelo proprio MPLA, não sao angolanos? Vai lá mas é contar os passaros e os cazumbis dos mortos que fizeste. Nem parece um homem que andou no seminario catolico!!! Espera que Deus te espera lá em cima, onde hás de se transformar em ventoinha!!!

Autor: kazumbi

 

Pois pois..eram comunistas e agora capitalistas… sempre a a vencer e sempre com os mesmos critérios…mentira, manipulação e..até a eliminação do adversário indefeso.. só para se perpetuarem no Poder. Assume que “a democracia não enche barrigas vazias”..e é adepto do “cabrito come onde está amarrado..” confirmando ..assim.. o poder ecoonómico da sua família e dos seus bajuladores..de bolsos cheios de kumbu do Povo… os do Norte de África não eram melhores …nem piores.. eram sómente iguais..em valores..valendo-se o articulista do islamismo para tentar mostrar diferenças. Só os ingénuoos politicos aceitarão esta versão messianica e bajuladora..deste seu kamba ZM

Autor: Africano Universitár(io)

 

General J.Maria,

Beijar os pés do chefe é em privado. Toda a gente sabe, quanto a vossa amizade é profunda e muito intima. Por favor, não insulte, quem n tem o que comer, onde dormir, escola, hospital, emprego. Ninguem sabem em que realidade ou seja, em que país o josé eduardo dos santos e tu e amigos vivem. Pode ser em qualquer parte do mundo menos em angola.
O jornalista graça campos tinha razão quando disse: o presidente josé eduardo dos santos tem nojo dos angolanos. Isso é pura verdade. Como se sofressemos de uma doença contagiosa. Pois bem, a nossa doença, do povo angolano: fome, miseria, desemprego, falta de energia, agua,habitação, escola, hospital, respeito, dignidade, etc.
Portanto não esbofeteia a nossa desgraça, por que na nssa cara, estás farto de esbofetear.

Fica bem general, nos vemos no inverno, agora, não falta muito tempo.

Autor: manifestante

 

CONCORDO K GANHOU A GUERRA E TROUXE PAZ MAS NUNCA GANHOU ELEIÇOES EM ANGOLA. A VITORIA DO MPLA NO CAMPO MILITAR PERTENCE A COMUNIDADE INTERNACIONAL INCLUINDO AS NAÇOES UNIDAS, FORAM ELES K DECRETARAM EMBARGOS CONTRA UNITA EM TODOS SENTIDOS ATE MEDICAMENTOS, ENQUANTO ELE RECEBIA ARMAS E MERECNARIOS DE VARIOS PONTOS EMPLEMENTANDO UMA POLICA DE TERRA QUEIMADA MATANDO TUDO ATE BEBES DESTRUIR LAVRAS COMPLETAS SUPOSTAMENTE PARA CORTAR APOIO LOGISTICO A UNITA NISSO ALDEIAS INTEIRAS FORAM DIZIMADAS CRUELMENTE. FUI FUNCIONARIO DOS MEDICOS SEM FRONTERAS SEI MUITA COISA. SE UM DIA AS ONGS ABRISSEM A BOCA E CONTAR COMO O MPLA CONSEGUIU A PAZ O POVO ANGOLANO DECRETARIA LUTO NACIONAL POR 90 DIAS. O ZE MARIA SABE COM K VIOLENCIA INVESTIRAM NO POVO DOS QUIMBOS. A MATAR TUDO E TODOS O MPLA TINHA MESMO DE GANHAR. MSF,CONCERN,CARE INTERNACIONAL, OCHA, UN, SAVE THE CHILDREN, CARITAS, CICV ETC.. CONHECEM CRIMES CONTRA A HUMANIDADE F PELAS FAA.

Autor: Anónimo

 

… “QUAL SERPENTE ENRIJECIDA PELO FRIO, RECOLHIDA POR TRANSEUNTE BEM AGASALHADO; QUANDO AQUECIDA, TENTA MATAR O SEU BENFEITOR?!…”). EXEMPLO POR SI SÓ EXPRESSIVO E ELOQUENTE AFASTAMENTO DOS GENERAIS JOÃO DE MATOS, MIALA E OUTROS COMO FURTADO, ZÉ GRANDE, MASSANO, APOLINÁRIO, KATEMBO, GRAÇA, ETC ANUIDO PELO PRESIDENTE DA REPÚBLICA, TENDO COMO BASE PARECERES CRIMINOSOS ELABORADOS POR ESTE BAJULADOR QUE VÊ NA PERMANENCIA DE JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS NO PODER COMO A MELHOR VIA DE SE APODERAR DOS RECURSOS FINANCEIROS DO ESTADO POSTO A DISPOSIÇÃO DO SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA MILITAR. OS FACTOS ESTÃO A VISTA DE TODOS SÓ NÃO VE QUEM NÃO QUER! NÓS PERGUNTAMOS: SERÁ QUE O CDA PRESIDENTE NÃO SE SENTE ENGANADO POR ESTE REPRESENTANTE DO DIABO EM ANGOLA?

Autor: Inhuluku

 

 

Recebemos mais este email da tia Rosa, sendo esta carta, para além de um alerta para o despertar do africano generoso, mais um recado ao Ocidente do que propriamente aos nossos Tonton Macoute. Deixamo-vos com as suas palavras:

O que a África perdeu, por causa da manipulação dos Governos Ocidentais, através da corrupção imposta aos Governantes Africanos!

Os Governantes Africanos por falta de visão, e cheios de ambição desmedida, têm mantido o subdesenvolvimento do continente e dos seus Povos, “autorizando” o saque dos recursos minerais do Continente por vários Países (América – USA, Brasil, França, Alemanha, Rússia, Portugal, China, Austrália, Canadá). (o exemplo da Multinacional AREVA do sector Público Francês que detém 78,9% e a Alemanha 34%, bem como de diversas Empresas que exploram o petróleo e urânio no Niger, provocando o actual genocídeo Humano e destruição da Natureza).


Muitos destes Países Ocidentais/Europeus, que não têm recursos de urânio, petróleo e ouro, são neste momento os grandes exploradores e vendedores destes recursos que retiram de África a troco de quase nada, há quase 50 anos, deixando para trás um rasto de mortes (precoce) e de miséria, destruição da Natureza, subdesenvolvimento, como o caso do Niger, Angola, África do Sul! Situação que não podemos tolerar.


A África não fabrica qualquer tipo de armas, no entanto, alimenta a criação de armas e reactores nucleares, pondo em risco a vida de milhares de pessoas com a extracção de urânio, onde a protecção das pessoas não é tida em conta, apenas os lucros financeiros, a favor de Países ex-colonizadores, neocolonizadores e novos-colonizadores que se dizem civilizados e democratas!

É portanto chegada a hora para que o Control de Governação de África e dos seus recursos, sejam urgentemente devolvidos aos Africanos, sob pena de se estar a preparar um novo conflito mundial, onde todos, sem excepção, sairão a perder, porque há muito se descobriu “a farsa da descolonização de África”, em que os mesmos que outrora colonizaram, continuam a neocolonizar e a matar silenciosamente os seus Povos.
Este processo de roubo a África, deve terminar, para bem de todos os Povos, incluindo dos que detêm o Poder de deixar roubar, e, dos que roubam.

África o nosso Continente, tem sido explorado há quase mil anos por gentes, que dizem amar e defender a vida, nos seus continentes, mas que desprezam a vida e a História dos Africanos. Mas, que estranha forma de “serem Humanos”!

Libertem a África já, ou continuareis a cair em total desgraça sobre as vossas economias e fortunas, arrecadadas com o sangue dos Filhos de África, porque os Espíritos dos nossos ancestrais a quem impedistes a vida sã, há muito que clamam por justiça, não estamos sós.

Brevemente, a África terá de volta o que lhe pertence, e não haverá poder algum capaz de o impedir.

Kandando yame,

Rosa Mayunga
(Descendente da AutoridadeTradicional de Angola/Humanista)

“Somos milhões e contra milhões ninguém combate!” “MPLA é o povo e o povo é o MPLA!” “Temos 5 milhões de militantes!” Estes e outros dizeres e slogans são frequentes nas hostes do partido maioritário de Angola. É um ‘wero-wero’ ensurdecedor de um partido megalómano que na falta de argumentos sólidos esconde-se por trás de números que não condizem com a realidade, comportando-se como um adolescente mimado e inseguro que enfia-se no ginásio para ficar kaenche mas carece de substância intelectual para conquistar a mboa.

Para um partido que supostamente conseguiu convencer 82% dos eleitores a votar nele, o MPLA certamente tem um comportamento extramamente estranho para com a diferença de opinião e a contestação aberta. Até nos faz crer que aqueles 82% são mesmo tão irreais quanto parecem. Um partido com 82% dos votos não é assim tão medroso. Um partido com 82% não manda cancelar concertos.

Um partido com 82% dos votos NÃO:

1. Mostra tanta insegurança. Lembram-se do dia 7 de Março de 2011, data que deu o nome a este site? Ainda não se esqueceram da algazarra que o maioritário fez naquela altura? Nós também não. É inconcebível e patético que um partido que conseguiu 82% dos votos sinta-se ameaçado pelos 17 ‘Centraleiros’ que se fizeram presente na Praça da Independência, ao ponto de os prenderem ilegalmente, e ao ponto de tornarem um encontro ‘insignificante’ em manchete internacional! Isso para não falar do grande aparato policial que se fez sentir naquela altura, e as palavras imortais do Dino Matross: “Quem se manifestar, vai apanhar!” Ya Dino! Ganda democrata! E esta insegurança nos leva ao nosso segundo ponto…

Um partido com 82% dos votos NÃO: 

2. Convoca ‘contra-manifestações’. Essa talvez é que nos dá mais graça. São 5 milhões de militantes mas cada vez que uns 100 gatos pingados decidem convocar uma manifestação sentem a necessidade de pôr milhares de pessoas na rua a contragosto? O cúmulo foi mesmo no dia 25 de Setembro, quando o maioritário decidiu convocar uma “mega-manifestação” que terminaria no mesmo local onde terminaria a nossa marcha. Coube aos “Centraleiros” mostrar um nível menos infantil, ou seja, coube-nos ser responsáveis e mudar a nossa marcha para outro dia. Mas este episódio faz-nos lembrar outra triste história…

Um partido com 82% dos votos NÃO: 

3. Viola sistemáticamente a constituição. Não iremos falar muito sobre as manobras maquiavélicas e ilegais que o maioritário faz para nos privar de um direito constitucionalmente consagrado, até porque já falamos sobre tal em diversos posts aqui. Nem iremos comentar a tamanha patetice que é aprovar uma constituição hedionda, à força e practicamente às escondidas, e mesmo assim faltar com ela. Falaremos sim da patetice do ano, aquela em que o maioritário decidiu escolher locais específicos para manifestações, e todos os locais eram fechados e na casca da rolha. Durante dias nem os próprios militantes do EME sabiam o que fazer perante tamanha estupidez, e passaram uma semana em plena contradição pública sobre aonde seria então a sua mega-manif. Só visto! E mesmo assim apareceram os bajuladores do costume a apoiarem uma lei hilariante, que no fim de tudo foi revogada por ser considerada…ilegal.

Um partido com 82% dos votos NÃO: 

4. Tenta aliciar manifestantes. 5 milhões de apoiantes mas sentem a necessidade de falar com o Kangamba para aliciar o Jang Nomada e outros manifestantes? E ainda por cima leva baile? E ainda por cima se deixa gravar!? Uauê Mplauê!

Um partido com 82% dos votos NÃO: 

5. Censura actos culturais. Desde que deram a cara neste movimento que artistas como Carbono Casimiro, Luaty Beirão e outros são ‘músicos non gratos’. Qualquer iniciativa CULTURAL com os nomes deles é rápidamente reprimida, tanto em Luanda como em Benguela. Isto para não falar no roubo dos discos do Brigadeiro 10 Pacotes e a sua censura pelo Ministério da Cultura, nem do cancelamento do concerto do Katro no Elinga, nem da feira do hip-hop que foi cancelada no Rangel. Bué de músicos comprados, MPLA é o povo e wero-wero, mas Carbono, Luaty e companhia não podem fazer um evento cultural no Lobito? O MCK não pode cantar no Elinga?

Como vêm, estes e outros actos demonstram que a maioria de 82% do MPLA é, no mínimo dos mínimos, suspeita. Mas se querermos deixar de ser politicamente correctos, chamemos as coisas pelo seu nome: FRAUDE.

Têm as vossas próprias listas? Lembraram-se de outros actos não relatados aqui? Contribuam! Comentem ou mandem cenas para a Central.

Foto: Projecto Kissonde