“Exigimos a libertação de Armando Chicoca e a ilegalização da lei das TIC”

Posted: April 2, 2011 in Angola, Luanda, Manifestação 2 Abril, Notícias

Entre as muitas palavras de ordem e cantos de protesto que ainda se entoam neste momento no Largo da Independência, destacam-se duas reivindicações concretas que estão a ser dirigidas ao Governo: “Insistimos na imediata libertação do jornalista Armando Chicoca e na ilegalização da Lei das Tecnologias da Informação e Comunicações (TIC), que é claramente uma violação da privacidade e dos nossos direitos fundamentais“.

 

Neste momento decorre ainda com tranquilidade a manifestação. A Central 7311 falou com Luaty Beirão (Brigadeiro Matafrakuxz), um dos promotores desta iniciativa. A manifestação que começou às 13:00 continua a atrair pessoas apesar do calor. Entre 200 a 250 pessoas estarão nesta altura no Largo da Independência.

Luaty afirma que esse número, “a partir de 18 pessoas, já supera as expectativas. Claro que havia a esperança de que estivesse a abarrotar. Mas tem gente, cada um com uma actividade, com panfletos, gritos de ordem, há muito movimento na praça. Vai sair a ganhar a imagem do regime, que parece que permite que os descontentes se exprimam e mostram através das imagens da TPA que ainda somos poucos, muito menos que os da marcha pela paz. Aparentemente continuamos a ser os tais 20%. Mas o ambiente aqui na Praça da Independência está bonito, apesar de modesto.”

Ainda que entre os manifestantes estejam membros de alguns partidos como o Bloco Democrático ou a Juventude da UNITA, não estão a ser usados quaisquer símbolos partidários. “Nenhum se pronunciou, estão a marcar presença como cidadãos do país. Também são angolanos e também querem mudança“, explicou Luaty.

Quanto à actuação da Polícia Nacional, Luaty comenta que “está a ser exemplar“. “Quando chegamos fomos lá falar, quisemos entregar-lhes a carta mas disseram que não era preciso, que podíamos fazer o nosso trabalho, ninguém ia interferir“. Um dos slogans que foram cantados mesmo em frente ao pequeno grupo de polícias foi “Policia está mal paga, ZéDú come bem“.

 

Mais notícias a qualquer momento.

 

 

Comments
  1. Nga Vunda mami says:

    Alo pessoal estou a notar alguma fraquesa em relação ao que combinamos para o dia 27/04/2011, isso porque até agora não foi feito os panfletos de mobilização para a manifestação do dia 27, os dias estão a passar?? Temos desta vez levar para a praça da independencia mais de 100.000 pessoas, assim omeçaremos a atrapalhar o regime e por outro lado ja deviamos ter o tema que iremos usar no proximo dia 27. Pessoal temos de agir com eficacia e eficiencia na mobilização para as proximas actividades e obteremos progressos se nos transformarmos em verdadeiros activistas.
    O memento é de acção, porque a nossa causa é seria e que, a sociedade esta a nossa espera, isso que se fez no dia 02/04/2011 representará para Angola uma data de elevada importancia, sem medo de errar vou considera-lo como o dia em que um groupo de jovens despidos do medo manifestaram em plena praça da independencia contra o regime ditatorial, que impos aos angolanos o neocolonialismo selvagem….

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s