Mihaela Webba na ZTV, fala da problemática do pacote legislativo eleitoral

Posted: August 17, 2011 in Argumentos, LEI, Videos

A proposta do MPLA é CLARAMENTE inconstitucional e fazê-la passar à força (maioria absoluta) por baixo dos nossos narizes é de um descaramento descomunal, um insulto ao povo angolano, a ilustração perfeita das linhas totalitárias pelas quais se pauta esse descalabro de governo, que só pensa em se governar a si próprio e as suas contas bancárias.

Estamos a vê-los preparar as condições para facilitar a fraude, nem tentam dissimulá-lo, e isso temos de aceitar, como sempre, calados e quietos?

Sinceramente, chega de fazer pouco de nós, de tratar do país como se fosse o vosso quintal quando nem esse sabem manter, autênticos xiqueiros nauseabundos onde reina o caos da discordância de apetites e de imposições.

Angolanos na diáspora, a retórica viperina do Bornito de Sousa é intencionalmente falaciosa quando alega de maneira eufemística que ” a constituição optou por NÃO OBRIGAR o cidadão angolano na diáspora a votar”. O que o Sr. Bornito “sou-mais-intelectual-que-vocês” de Sousa quis realmente dizer foi isto: “a constituição optou por INTERDITAR aos ingratos que para nosso azar têm nacionalidade angolana (mas que um dia, graças à nossa gloriosa e fraudulenta maioria absoluta, deixarão de ter) e que escolheram fugir do país em busca de salários mínimos mais elevados dos que auferiam neste mundo de corrupção e decadência criados pelo nosso perpétuo governo”. ACORDEM, OU CONTINUARÃO A SER CONSIDERADOS COMO CIDADÃOS DE SEGUNDA!

Comments
  1. Rínia Pedro says:

    QUERO VOTAR EM 2012!!!!

  2. LAURINDO EPALANGA says:

    VOU FAZER A MINHA PARTE EM PROL DESTE PAIS…VOU MANIFESTAR

  3. nunes says:

    como aluno da D.micaela Weba eu vou votar e como vou

    • Estou mui grato, por termos jurista competentes conhecedores e livres para exprimirem as irregularidades praticadas pelos nossos dirigentes, seria uma doçura se a nossa democracia se assemelhasse á de Portugal. Mas creio que partiu da formação dos juristas dotados de conhecimento doutrinal e da propria constituição.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s