SANGUE

Posted: March 10, 2012 in Manifestação 10 de Março, Manifestações

Bom, depois dos acontecimentos de hoje, já não restam dúvidas. Muitos falam do petróleo mas é o sangue que realmente faz este regime funcionar. Não o sangue deles, como é óbvio, mas sim o sangue dos inúmeros jovens e patriotas que foram hoje (tentar) se manifestar no Largo Primeiro de Maio. Enquanto saramos as nossas feridas e tranquilizamos as nossas famílias, só nos resta lamentar a forma como os nossos governantes derramam o sangue do próprio povo. A cor mais visível hoje foi o vermelho do sangue derramado por causa das agressões cobardes dos gorillas do regime, sempre à paisana e com diversas armas brancas.

Nem a presença de consagrados intelectuais da nossa praça, como Nelson Pestana “Bonavena” e Francisco Vieira Lopes, fez com que as agressões parassem. Aliás, estes dois também foram violentamente agredidos, porque afinal de contas gorillas não são capazes de pensamentos lógicos e acreditam piamente na razão da força em vez da força da razão. Os outros dirigentes partidários que prometeram aparecer, nem vê-los.

Hoje vimos o sangue a jorrar da cabeça do nosso mano Luaty. Vimos as agressões aos nossos manos Tukayano, Mário, e muitos outros. Hoje o regime mostrou que não tem o mínimo problema em violentar os seus cidadãos. O nosso sangue não vale nada. Está confirmado. As cenas que se passaram hoje em Luanda foram bárbaras, mas para um regime que está habituado a jorrar sangue, foi mais do mesmo.

Em Benguela o cenário foi o mesmo. O artigo 47 só está lá para enfeitar a constituição.

Para vocês defensores do regime e do “partido do coração”, só esperamos que saibam que estão a semear o ódio na vossa população. Nenhuma mãe gosta de ver o filho a jorrar sangue. Nenhum pai gosta de ver o filho a ser maltratado. Hoje foi uma valente demonstração do vosso medo, cobardes.

Mais notícias e fotos em breve.

Comments
  1. António Macedo says:

    O relógio marcava 5h e 20min, quando o meu telefone tocou, um numero estranho, quando atendi do outro lado, uma voz bastante grossa e veia, perguntou-me, tu ainda estás vivo? fiquei bastante arrepiado e com um sentimento de medo, imaginei na tamanha brutalidade que ocorreu na manifestação do dia 10, homens civis armados até os dentes, usaram táctica militar para dispersar os manifestantes, foi muito triste e cheguei a conclusão, que estou, certo quando afirmo, que estes assassinos vão usar toda maldade que for necessário para se manterem no poder. Meu amigo, você que ligou, na verdade estou ferido por dentro e por fora, tenho a certeza que muitos de nós ficaremos ao longo da caminhada, mas também tenho a certeza que esses demónios um dia deixarão o meu país.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s