A quem votar? Porqué?

Posted: August 18, 2012 in A Voz do Povo, Argumentos, Opinião

A quem votar? Porqué?

Por Tribo Sul

São muitos (aliás 9) os caminhos que levam-me em direcção aos meus próximos 5 anos. No entanto, tem gente que feliz ou infelizmente, ainda nem bases tem para escolher. E constantemente a interrogação bate seu portão. A quem votar? Porqué?

Encontram-se divididos entre a mudança e a continuidade. Porém a reflexão nos diz que as cruzinhas que se introduzem nas urnas podem significar mais 5 anos de … Ou os primeiros 5 anos de …. Outros ainda são os que se vejam estrebuchar em estremecimentos agónicos no momento de introduzir o futuro em forma de voto nas urnas que só a fraude a conhece.

É uma pena que a esta altura todos os candidatos são serenos, sérios, responsáveis e com sentido de Estado, juram todos aos quatro ventos defender os valores da democracia. Todos são bons Pastores, os invisíveis tornaram-se visíveis, os mudos voltaram a falar tudo porque os resultados eleitorais tornam-se muito mais valioso do que as preciosas pedras que o subsolo Lunda ostenta. Sobre esta matéria não há excepções (são todos…).

Há uma pergunta que não se cala. Onde têm estado?
Várias vezes os procurei. Onde estavam?

Passaram 4 anos em que tanto se gritou por socorro e não vi osPAPODs, CPOs, FUMAs, a CASA infelizmente é um bebezinho, quando este nasceu as nossas casas já estavam destruídas, a cuca já tinha embriagado o Cazenga, o Sambizanga já tinha assassinado a Frescura, Pai Diesel já tinha se tornado Obama enquanto Viana assistia Maquina do Inferno dizendo adeus as injustiças de uma corrupta governação. Nesta fase em que tanto chorávamos a libertação dos manifestantes de 3 de Setembro, não vi os PRSs, asNovaDemocracias, as FNLAs nem Holden Roberto em sua sepultura acreditava no rio de divergência em o partido dos manos se envolvera; Já a UNITA temendo em carquejas alto, o galo assistia Abel Chivukuvuku divorciando-se de Samakuva. Aproveitando-se da desordem o Menos Pão Luz e Água, chamou eleições para Agosto na perspectiva de desejar a vitória ao seu líder como prenda de mais um aniversário, uma vez que o mesmo acontecerá 3 dias após seu aniversário. Será que estamos preparados?

Se calhar sim. Porque não? Aliás, é assim a chamada democracia. Democracia trajada de tops e tchuna babies militares, onde o gatilho é usado em momentos de decisão.

Tem se dito que as eleições são o melhor caminho para se edificar a democracia. Se assim é, então que venha as eleições (pelo menos este é melhor que Cristo que tanto promete e nunca chega). Mas aquém votar?

Os meus esfomeados ouvidos não se cansam de ouvir “somos o único partido que tem experiência de governação. Demos alegria ao povo, construímos estradas, pontes que alguns partiram, trouxemos o caminho-de-ferro“. A minha pobre imaginação às vezes acredita que sim. Mas, até quando serão os únicos? O que será de nós?

Várias são às vezes em que em busca do primeiro emprego (que a muitos foge) me pergunto, quando teremos a experiência solicitado? Agora sim compreendo que tem sido uma forma de nos afastar de prováveis substituições.

Se calhar isto pior interessa. Interessa mesmo é saber quem será o próximo a engordar em custa de meu emagrecimentoSomarei lágrimas nos 33 de fome, angustia sede, escuridão, analfabetismo e… Ou será esta a minha oportunidade de conhecer o país imaginário?Alguma coisa insistentemente me diz que respirarei novos ares. Mas será que estamos preparados?

Há tantas questões que infelizmente o povo nem sabe responder. Mas uma coisa é certa o povo quer casa, mas não as de 1 milhão prometidas, quero pelo menos uma entre as de 1 milhão cumpridas, que oportunidade de emprego, a água, luz, estabilidade social, a tanta coisa que sinto o povo querer, que nem haveria espaço para mencionar, sinto que o povo quer algo sustentado por uma linha ideológica de centro-esquerda, com preocupações para a melhoria das condições de vida.

O mais engraçado é que este querer soa MUDANÇA, mudança que me eleva a dormir num hotel de 5 estrelas e acordar num musseque sem saneamento básico. Mas será que é isto que o povo quer (mudança)? Então porque pintam as ruas em vestes nas cores semelhantes à bandeira nacional?

Minha ignorante consciência, várias vezes me desmente. Mas a prática, no entanto afirma e reafirma que exemplos dizem que os políticos e seus seguidores não servem o eleitorado, mas sim suas contas bancárias.

A quem devemos votar? Na Mudança ou na Continuidade? PORQUÉ?

Comments
  1. Pimpolho82 says:

    Na mudanca,visto que e a unica esperanca para nos livrar desta desgraca que nos aturamos durante 33 anos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s