Artista Desafiador III: 3ª Divisão

Posted: September 16, 2013 in A Voz do Povo, Argumentos, Música

Este grupo é especial.

Descrito pelo seu maior promotor online (Itler Samussuku – e sim, esse é MESMO o nome dele) como um grupo de “hip hop extremista”, as letras dos temas Krucifikem a Tirania e Matem o Gaju vêm para corroborar esse rótulo.

Propenso a exultar aquele que se sente indigno do oásis dos 6400 milionários angolanos num deserto chamado Angola, ou a causar repulsa aos mais sensíveis, apenas uma coisa é certa: ninguém ficará indiferente à força das palavras sequenciadas com inteligência e debitadas com mestria sobre os instrumentais vigorosos e sincopados.

Ora apreciem este refrão:
“Nós temos pregos, troncos, martelos e coragem,
Marchemos para o Palácio do Mal e Crucifiquemos a Tirania!”

Está repleto de frases fortes e vibrantes e citamos alguns exemplos
– “Quem propaga a tirania? O teu silêncio é um dos factores, mas o principal é Zé Dú e companhia”
– “Fazer mudança com beijos? Não! Não me chamo Anselmo!”
– “Somos a prova viva da vossa incompetência, as vossas palavras geraram miséria nas nossas mesas”
– “Manifesta, a voz do desagrado, sai para à rua, tranca o quarto, ditadores não saiem com palavreados, mas sim com atentados”
– “Aonde os Santos roubam, quem é ofende não é diabo. Rasguem a Constituição, serve melhor a limpar o rabo”
– “Desculpem-me Cristãos, eu vou atirar a primeira pedra!”
– “Luz, Água, Saúde e Educação, como é que 4 palavras ameaçam uma Nação?”

Outro dos temas preferidos é o hino ao abstencionismo que fizeram algum tempo antes das eleições de 2012 incitando à população a não participar no embuste que se antecipava (e que se verificou) serem as eleições. Mais uma vez, por menos que se concorde, tem de se reconhecer a capacidade de argumentação acima da média:

– “A maior oposição é o povo, quem diz o contrário é mentiroso sócio”
– “Talvez a minha ideia muda quando a Tchizé preferir ter um parto no Ngangula… nesse dia verão vacas a tussir, cães a fazer flexões”
– “92, 2008, não há duas sem três, não votar nessa eleição é a maior revolução, com muita sensatez”
– “O povo sai de casa para jogar Totoloto. Para quê votar, se os resultados estão guardados em softwares?”
– “A cruz que colocas no quadrado do voto é a mesma que carregas 5 anos nos ombros”
– “Multipartidarismo, 1992. Agosto escolhes o chefe, em Setembro perdes a voz”
– “Que resultados esperas? Em seu favor, numa disputa onde o árbitro também é jogador”
– “Santo não tem asa, mas usou seu braço longo”

Aconselha-se ainda para quem quiser aprofundar o conhecimento sobre os rapazes os temas Angola Puta e Matem o Gaju

Isto é hardcore ao mais alto nível, como já não se ouvia desde o tempo dos Filhos da Ala Este.
Muito respeito pela bravura destes rapazes de Cacuaco.

Comments
  1. FCS_UAN says:

    TERCEIRA DIVISÃO É NOME DE UM MOVIMENTO DE HIP HOP XTREMIXTA DE CACUACO, EM CONEXÃO COM A MP CREW E OS TIRANICIDIOS VERBAIS,FORMARAM A SOCIEDADE ABERTA PROJECTO NÃO VOTA.

  2. mputuilu lubazandy. says:

    Ok manos nesta juntadas de ideais façamos uma unidade precisa de ação em prol
    da liberdade humana !!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s