Denúncia no facebook redunda em ação da Administração do Cazenga

Posted: February 4, 2015 in Luanda

No dia 21 de Dezembro de 2014 estava de passagem pela 7ª Avenida do Cazenga, com um horrível amontoado de lixo fedorento que, para além de impossibilitar o trânsito e de ser uma paisagem que denigre o bairro, se tornou num autêntico bunker de ratos, ratazanas,mosquitos e mosquitões e, consequentemente, um foco de doenças, constituindo um atentado à saúde pública para os moradores daquela parcela de Luanda.

Caso Dago ANTES 05

O mais caricato é que, bem no centro da montanha de lixo, estava fixada uma placa de reabilitação posta pelo Governo de Angola que indicava obras que deveriam ter arrancado (e terminado) em 2007. Ainda assim, parecia que o Cazenga não tinha Administrador, pois ninguem tugia nem mugia perante aquele atentado à vida dos cidadãos daquele Município até que, neste dia, decidi denunciar publicamente o estado do abandono daquela via, por meio do facebook.

Cazenga Artigo Dago ANTES 02
Caso Dago ANTES 03
Caso Dago ANTES 04

Um mês depois desta denúncia que foi amplamente comentada e partilhada, eis o que aconteceu:

Cazenga Artigo Dago DEPOIS 02
Cazenga Artigo Dago DEPOIS 01

O executivo de Tani narciso que parecia estar a navegar no facebook cego*, decidiu meter um saldo de dados, abriu os olhos, esfregou-os e resolveu “dar um brilho” na avenida e livrar-se da placa que prometia a construção de uma via alcatroada para 2007, pois não parecem ter ainda intenção de o cumprir. Quem sabe nas próximas eleições.

O que podemos concluir com isso?

Certamente, como cidadão, a maior lição a tirar desta sequência de acontecimentos é que denunciar, reclamar, manifestar são as melhores formas de chamar a atenção de quem nos governa, porque quando fazemos isso expomos publicamente o lixo que eles atiram para debaixo do tapete. E quando isso acontece, com aqueles que ainda têm um pingo de vergonha na cara, passam da passividade governativa à acção,mesmo que só de um coro.

É so vermos o caso da famosa 7ª Avenida

Por Francisco “Dago Nível Intelecto” Mapanda

*Facebook cego é um calão para “Facebook zero”, uma opção para aqueles que não tendo dinheiro para comprar um saldo de dados, navegam gratuitamente (através do endereço 0.facebook.com) no facebook graças a acordos dessa empresa com algumas operadoras de telefonia móvel pelo mundo, dentre as quais a UNITEL. Nessa forma de navegar vêm-se todos os textos normalmente, mas nenhuma imagem, pelo que é referido comummente como “cego”.

Comments
  1. Ju Jaleco says:

    “Certamente, como cidadão, a maior lição a tirar desta sequência de acontecimentos é que denunciar, reclamar, manifestar são as melhores formas de chamar a atenção de quem nos governa, porque quando fazemos isso expomos publicamente o lixo que eles atiram para debaixo do tapete. E quando isso acontece, com aqueles que ainda têm um pingo de vergonha na cara, passam da passividade governativa à acção,mesmo que só de um coro.

    É so vermos o caso da famosa 7ª Avenida

    Por Francisco “Dago Nível Intelecto” Mapanda

    *Facebook cego é um calão para “Facebook zero”, uma opção para aqueles que não tendo dinheiro para comprar um saldo de dados, navegam no facebook graças a acordos dessa empresa com algumas operadoras de telefonia móvel pelo mundo, dentre as quais a UNITEL. Nessa forma de navegar vêm-se todos os textos normalmente, mas nenhuma imagem, pelo que é referido comummente como “cego”.”

    Optei por copiar aquilo a que dei mais relevo, à lai de conclusão… Quanto ao “Facebook cego” confesso que não fazia a mínima ideia, eheheh…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s