Ministro Bornito de Sousa pronuncia-se publicamente acerca da denúncia envolvendo o MAT

Posted: June 15, 2015 in Luanda

O cidadão e também Ministro do MAT, Bornito de Sousa, partilhou este post da Central no seu próprio mural de facebook com os seguintes dizeres:

“Vários cidadãos manifestaram preocupação sobre o comunicado da Direccao Municipal da Educação, da Administração Municipal de Cacuaco.
Três comentários:
1. Não é o MAT a instituição que solicitou a recolha dos dados a que se refere o comunicado.
2. Não existe aliás algum “Ministério da Administração do Território e Urbanismo”.
3. A instituição que solicitou os dados terá suas razões para listar os documentos referidos.”

De tudo o que ocorreu ao estimado Ministro comentar em reação a esta denúncia, parece ter esquecido de pelo menos fingir que lhe conferia alguma gravidade, o que podia ter sido feito com um comentário mais na linha do: “o Ministério vai tratar este assunto com a máxima seriedade e solicitar investigação à DNIC, pois tudo indica tratar-se de uma ação fraudulenta e criminosa por parte de indivíduos de má índole que pretendem assim manchar o bom nome dos auxiliares do titular do poder executivo. O Ministério pronunciar-se-á pronta e publicamente sobre este caso”.

Nada disso, parece simplesmente sacudir a água do capote, dizendo que “a instituição que solicitou os dados terá as suas razões para listar os documentos referidos”, mesmo depois de sugerir no ponto anterior que, ao introduzir-se indevidamente o termo “e Urbanismo” no nome do Ministério que tutela, o documento só poderia ser fraudulento.

Que displicência, não?

Entretanto, soubemos que depois da nossa denúncia algumas diligências terão sido tomadas, julgando pelo súbito esmorecimento da “urgência” que era atribuída no documento e pela convocatória para reunião por parte do chefe de pelo menos uma das repartições aos diretores de escola que tinha como ponto único de discussão “o documento que caíu nas redes sociais” onde, entre outras bacoradas se lamentou:  “Como é assim então, pequena coisa já foi nas redes sociais, assim vamos trabalhar mais como?”

Segundo nos foi confiado, o chefe tentou uma última advertência/ameaça: “depois não se arrependam aqueles que não fizerem esse cadastro”.

Em momento algum terá contestado a resposta de Bornito de Sousa, ficando então por explicar quem teve a iniciativa e com que intuito.

As eleições são em 2017.

Post do Ministro Bornito no seu mural de facebook

Post do Ministro Bornito no seu mural de facebook

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s