Resumo do 17° Dia de Julgamento do Processo 15+2

Posted: December 10, 2015 in Angola, Central in English, Denúncia, Direitos Humanos, Luanda, Manifestações, Notícias

Julgamento dos 15

*Photo por Ampe Rogério

You can find the English translation below

Terça-feira, 8 de Dezembro

O processo dos 15+2 prosseguiu hoje com início meio atribulado com a chuva que assolou a cidade de Luanda, impedindo o início pontual da sessão pela chegada tardia do advogado de defesa Walter Tondela. Impaciente o juiz Januário Domingos serviu-se do pretexto para atribuir um defensor oficioso de nome Albano Guerra ao réu José Gomes Hata. O interrogatório de José Hata teve início na segunda-feira. As sessões começam habitualmente as 10h50. Deu-se o início da sessão com interrogatórios do Ministério Público ao réu que desde logo teve uma posição: “Digno representante do Ministério Público, ontem eu fui claro em dizer que não vou responder a nenhuma pergunta; Meritíssimo juiz, eu não tenho confiança no defensor oficioso, não o conheço, e na ausência do meu advogado eu vou-me manter em silêncio durante a sessão.” Não tardou, entrava o seu advogado Walter Tondela para sala de audiência.

O Ministério Público exibiu o vídeo número 4 onde se ouvem supostamente as vozes dos co-réus Mbanza Hamza e Luaty Beirão, com a imagem de alguns participantes nos debates a darem costas à câmara. Depois seguiram-se mais interrogatórios ao Hata e mais tarde foi a vez do réu Sedrick de Carvalho.

Sedrick respondeu fundamentalmente as questões obrigatórias sobre a sua identidade e depois foi franco em dizer ao juiz: “Meritíssimo, só responderei as perguntas relacionadas aos factos puníveis pelo código penal”. Seguramente Sedrick citou alguns artigos plasmados no código penal. Mais adiante deu-se o intervalo. No reatamento o juiz Januário Domingos e o seu auxiliar Agostinho continuaram com os interrogatórios ao Sedrick.

Na maioria as questões feitas pelo juiz foram do género: “Porque é que falaste de ética sobre alguns que convocam uma manifestação e não aparecem no local?” Sedrick, limitou-se a dizer: “Não vejo relevância nesta pergunta e por isso, nada a declarar.”

Por fim o juiz alegou que pelas notáveis ausências de alguns dos co-réus até aqui já interrogados, tais como: Domingos da Cruz, Nito Alves e Nuno Dala, alegadamente por razões de saúde, o tribunal decidiu que de agora em diante só estarão presentes nas sessões os co-réus que estejam indicados para serem ouvidos nas mesmas. Todos os outros permanecerão nas suas celas.

O réu Mbanza Hamza pediu ao advogado para expor a sua preocupação que se cingia em: “Caso um dos co-réus queira assistir a sessão haveria uma exceção à esta decisão?

O juiz respondeu: “nós fomos bem claros na nossa decisão, não.”

O juiz deu por terminada a sessão indicando a continuação da audição do Sedrick para o dia seguinte e indicando Fernando António Tomás “Nicola o Radical” como o próximo a ser ouvido.

Pelo nosso repórter cívico,
edição feita por @CA7311

SUMMARY OF THE 17th DAY OF THE TRIAL OF THE 17

Tuesday, December 8

The process of the 15+2 carried on today with a troubled beginning due to the rain that hit the city of Luanda, delaying the start of today´s session with the late arrival of defense attorney Walter Tondela. Impatiently the judge Januário Domingo used it as a justification to attribute a public defender by the name of Albano Guerra to the defendant José Gomes Hata. Hata´s questioning started on Monday. The session initiated as usual at 10h50 am.

Today´s session opened with the questioning of the defendant by the Public Ministry, who immediately made his statement: “Honorable representative of the Public Ministry, yesterday I was clear in saying that I will not answer any of your questions; Dear judge, I have no faith in the public defender, I don´t know him, and in the absence of my own attorney I will maintain myself in silence throughout this session.” It didn´t take long for Walter Tondela, the defense attorney, to walk into the court room.

The Public Ministry exhibited video number 4, in which the voices of the co-defendants Mbanza Hamza and Luaty Beirão supposedly are heard, with images of the backs of some of the participants in the debate. After the video further questioning of Hata took place and later on it was the turn of the defendant Sedrick de Carvalho.

Sedrick mostly answered the mandatory questions about his identity and after that he frankly told the judge: “Your Honor, I will only answer the questions related to facts sanctioned by the criminal code”. Confidently Sedrick cited some of the articles embodied in the criminal code. Later on there was a recess and during the resumption of the session judge Januário Domingos and his assistant Agostinho carried on questioning Sedrick.

For the most part the questions made by the judge were of the kind: “Why have you spoken about ethics referring to some of the people who organized a protest and didn´t show up at the meeting spot?” Sedrick limited himself by answering: “I don’t see any relevance in this question, so I have nothing to declare.”

At last the judge stated that because of the noticeable absences of some of the co-defendants already questioned, such as: Domingos da Cruz, Nito Alves and Nuno Dala, allegedly for health reasons, the court had decided that, from now on only the co-defendants that are scheduled to be heard will be present in the court room. All the other defendants shall remain in their cells.

The defendant Mbanza Hamza asked the attorney to make his concern clear, being: “In case of any of the co-defendants wishing to watch a session could there be an exception to this decision?”

To which the judge answered: “We were quite clear about our decision, no.”

The Judge closed the session indicating that the hearing of Sedrick would continue on the next day, communicating that Fernando António Tomás “Nicola o Radical” will be the next one to be heard.

By our citizen reporter (in Portuguese)

Translation by volunteer Marina Zimmermann
Edited

@CA7311

 

Comments
  1. Ju Jaleco says:

    De mal a pior!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s